segunda-feira, janeiro 09, 2006

Fuga


Menelau Sete : Pintor baiano (Fonte de Consulta - Pintura em Tela) Lamento, não ter conseguido mais subsídio para apresentar este interessante artista plástico. Geralmente, eu costumo perseguir dados dos autores que abrem os posts deste espaço da Quitanda e me senti frustrado por ter conseguido apenas o suficiente para identificá-lo como um pintor baiano. Para mim,inicialmente, o suficiente, foi ter encontrado e admirado a sua pintura. Gostei e daí resolvi partilhar um pouco da obra de Menelau com vocês. Se eu encontrar mais dados, vou inserir como complemento de seus dados biográficos, em próxima oportunidade.
Posted by Picasa

**********************************************************

Olá! Ontem, dia de sol, de muita gente, de praia e caminhada pela orla de Copa. Hoje, dia de Ramom, dia de festa, dia de curtir muito a sua companhia. Meu neto, para nós, seus avós é o elo mais forte de vivenciar a vida com a felicidade, com o sorriso e a meninice surgida na expressão da brincadeira que realiza ao estar em nosso convivio. Sua presença transforma o nosso dia, subverte o nosso comportamento, nos convida ao prazer. Mas como tudo não é a festa, o que nos entristece, é que, ainda rejeita alimentos sólidos e nem experimenta nada que é oferecido. Creio que a origem deste comportamento, foi no modo de apresentar, de introduzir diferentes alimentos em sua fase de crescimento. No sábado e domingo assistimos filmes (dvds): O Segredo de Vera Drake, de Mike Leigh, mesmo Diretor, de Segredos e Mentiras; O Casamento de Romeu e Julieta, de Bruno Barreto; Quase Dois Irmaõs, de Lúcia Murat e o último da sessão, foi Mar Adentro, de Alejandro Amenábar. Na estante da Quitanda, peguei o livro Lúcia, editado pela Relume & Dumará, de autoria de Gustavo Bernardo, que comprei na sexta-feira, em um sebo. Comecei a ler e estou gostando muito. Passei pela parte da manhã, para deixar o texto que escrevi, pendurado no varal, ao sabor do vento. Um grande abraço para os amigos blogueiros, e leitores-fregueses da Quitanda. ***************************************************************************
Fujo rápido de mim
Saio sem rumo Sem prumo
Procuro minha história.
Penduro o meu retrato desbotado
com as cores do passado estático.

Para lembrar que eu existo
Remexo nos arquivos secretos
Escondidos em meu interior
Recolho papéis de rascunho em branco.
Em silêncio, mudo
Converso comigo.
Distraído

Uma lágrima rolada mostra o caminho
do encontro com a minha solidão.
Sigo os passos
os rastros
De Olhos vendados
para o velho espelho embaçado.
Não me vejo.

Revejo Sombras
bordadas por fios
tecidos nas
Silhuetas Estampadas
Coladas
Recortadas
nos Vestigios impressos
perdidos na memória.


21 comentários:

Ivo Korytowski disse...

Encontrei alguns dados e uma foto do Menelau Sete em www.pinturaemtela.com.br/pintura10.htm

Saramar disse...

Wilton, boa tarde.
que quadro maravilhoso! Belíssimo, tanto quanto o poema, dolorido, é verdade, mas belo, muito belo!
Obrigada

Beijos

Ive disse...

Wilton querido... que delícia de fds, sessão pipoca rolou solta hein?!
Passei para deixar beijos e desejar uma semana MARAVILHOSA!
Grande beijo!

Wilton disse...

Olá!
Meu caro Ivo, muito obrigado pela ajuda na procura de mais subsídios sobre o pintor Menelau.Percorremos os mesmos caminhos para localizar a mesma fonte, o que me deixou muito feliz.Um grande abraço.

Wilton disse...

Querida Ive, é sempre muito bom, ver a doce blogueira de volta. Os finais de semana, tenho procurado apanhar alguns dvds, preferencialmente, com maior opção para os filmes brasileiros.Na sexta vou selecionar os que assisto no final de semana. Beijos. Obrigado pela presença e pelo comentário.

Silvio Vasconcellos disse...

Olá Wilton! Você sempre com seus achados maravilhosos e dicas excepcionais!
Obrigado pela visita ao ANTES QUE ANOITEÇA. Relembrando, trata-se de um conto feito em recortes de memória. À esquerda na tela ordenei por capítulos para releituras, além dos links que são pinceladas que a sua filha (do personagem) vai agregando.

Um abraço

Sílvio, torrando a 42ºC em Novo Hamburgo RS

Laura disse...

Querido, indo seu poema e gostei do pintor tbm, tem Picasso e Miró nas veias, é bonito.
Qtos filmes? eu não tenho visto mta coisa. Adorei "Mar adentro", vc gostou?
a cena do võo é comovente, né? e ele é um ator e tanto...
bjs laura

Márcia Lustosa disse...

Querido Wilton, prazer está de volta, depois de uns dias maravilhosos que passei junto aos meus irmãos Oliveira e Mércia.
Tive uma experiência incrível com o meu netinho. Ele passou o primeiro final de semana com os avós, foi muito gratificante. Pude sentir e acompanhar de perto o seu dia a dia e a noite também, por sinal um pouco conturbada, pois ele acorda bastante durante o sono.
Não sei se você já passou por este momento, a gente relembra muito quando nossos filhos eram pequenos, é muito gostoso.
Nesses dias não foi possível encontrar a solidão, ele preencheu todos os momentos com muita alegria e felicidade.
Lindas palavras estendidas no seu varal.
Bjãooo que 2006 seja repleto de muita paz em seu coração. Um beijo bem gostoso no Ramon, e um abraço na Marilene.

Jane Marques disse...

Wilton querido, saudades muitas... Estive ausente mas agora estou de volta.
Bjs no coração
Jane

Lia Noronha disse...

Wilton: que maravilha encontrar o varal do Quitanda com uma maravilhosa poesia...estou viajando...mas feliz por poder te visitar...
Beijos bem carinhosos...e estou nas nuvens mesmo meu amigo!!!

Munhóz disse...

Tava procurando por blogs para ler e achei o seu. É muito maneiro, parabéns. Se der visita o meu http://munhozsemnocao.blogspot.com
Abraços

Vera Fróes disse...

Wilton, é um prazer chegar no Quitanda e ver a arte tanto das pinturas quanto das suas poesias. Sem contar seus desabafos, sempre cheios de amor. Ramom é uma criança feliz!!!

Bjos.

Janaina Staciarini disse...

E eu com lágrimas nos olhos... Um beijo, querido!

Mércia disse...

Os seus escritos estavam fazendo falta!
Bom ver que eles estão ed volta com toda a força...rs!
Bjos...uma quinta de muitas alegrias.

Jôka P. disse...

Vou anotar as dicas de DVD !
E a pintura do Menelau Sete exposta hoje aqui me lembra Picasso.
abçs!
JÔKA P.

milton toshiba disse...

Olá Wilton estou de volta com meu PC zerado....Bom fim de semana. Abraço

Diana disse...

Olá.......

Passando pra deixar beijos....
Logo volto a ativa...
Bjs....

Carlos disse...

Wilton, seu texto está sensacional. Lágrimas e sorrisos, erros e acertos, com eles construimos a estrada que percorremos nesta vida. Abraço.

Lena disse...

Wilton,

Como está o ano novo, começou bem? Mande notícia,menino. Bjo!

Anônimo disse...

Olá, coloquei em busca o nome de Menelau pintor e eis que surge um outro Menelau, não o que estou acostumada a ver...meu avô tb se chama Menelau, tb é pintor e é bem conhecido em Recife. Mas gostaria de obter mais informações sobre esse aí, vc teria? Um abraço...

Wilton Chaves disse...

Olá!
Muito obrigado pela visita ao anônimo interessado sobre informações do pintor que está em exposição na Quitanda. Não tenho mais informações a respeito do artista.Acredito que seja possível coletar mais informações, o ideal seria o google.Um abraço.